Como diminuir a celulite: causas e dicas para amenizar

| |

A celulite não chega a ser apontada como uma doença ou algo grave, mas pode ser sinônimo de pânico para várias mulheres, principalmente por questões relacionadas à aparência e estética, já que em excesso, elas deixam a pele com um aspecto enrugado, bastante semelhante a uma casca de laranja. Veja quais as principais causas e como diminuir a celulite com a mudança de hábitos.

O que é e como se forma a celulite?

Lipodistrofia Ginóide, popularmente conhecida como celulite, é uma reação natural da pele ao acúmulo de gordura, toxinas celulares e água, deixando a pele com nódulos e ondulações, os famosos furinhos.

A aparência de casca de laranja, característico da celulite, tende a aparecer principalmente em algumas regiões como coxas, bumbuns, abdômen, quadris, braços e também nas mamas e nuca. Isso tem um motivo, a maior concentração de gordura.

Sabe porque a celulite é tão temida entre as mulheres? Porque pelo menos 95% delas, depois do período da puberdade, fase que o estrogênio, hormônio feminino, começa a ser produzido, tem propensão a desenvolver a celulite. Conforme estudo realizado pela SDB (Sociedade Brasileira de Dermatologia), a celulite afeta pelo menos 8 a cada 10 mulheres.

Além do estrogênio, a etnia também é uma condição que pode influenciar no surgimento desses furinhos na pele. Já que elas são muito mais comuns em mulheres de pele branca do que de pele negra.

Outros agentes que podem causar a celulite são a má circulação do sangue, sedentarismo, hereditariedade, desidratação, má alimentação e disfunções hormonais. Inclusive, o uso de anticoncepcionais pode contribuir, já que as pílulas costumam ter uma grande concentração de hormônios.

Algumas pessoas associam a celulite à obesidade, mas isso é errado. Por ser uma reação natural da pele, ela pode aparecer em vários os tipos de corpos, inclusive em mulheres muito magras.

Graus de celulite

Mesmo que 95% das mulheres venham a ter celulites, elas podem se manifestar em graus diferentes. Cada grau tem um aspecto diferente, por isso, alguns tipos de celulite são mais fáceis de serem tratadas do que outras.

Conheça os graus:

  • Grau I: mais branda e difícil de ver. É necessário apertar a pele para notar os furinhos;
  • Grau II: mais perceptível que o grau I. Pele com pouca elasticidade;
  • Grau III: os furinhos são aparentes. Em alguns casos pode ter dor na região;
  • Grau IV: nódulos grandes. Região rígida e com inchaço.

Além do grau, a consistência da pele também pode ajudar a identificar. São quatro tipos diferentes de textura de pele, classificados entre dura, flácida, edematosa e mista.

Método “Cellulite Severity Scale”

Três dermatologistas brasileiras, Camile Hexsel, Doris Hexsel e Taciana Dal Forno, desenvolveram um novo método, o “Cellulite Severity Scale”, que foi reconhecido internacionalmente e passou a identificar as celulites de maneira mais assertiva e objetiva.

O método usa cinco critérios: aspecto das áreas elevadas da celulite, número e profundidade de depressões, graus da antiga classificação, presença de lesões elevadas e flacidez, atribuindo notas de 0 a 3.

Entre 1 e 5 pontos é leve, entre 6 e 10 pontos é moderada, entre 11 e 15 pontos é grave. Com a nota final é possível definir qual será o tratamento mais indicado.

Como reduzir e melhorar a aparência das celulites

São várias as formas de reduzir e melhorar o aspecto das celulites. Mas lembre-se que o tratamento deve ser feito continuamente, já que a celulite também aparece no corpo dessa maneira. Vejas algumas dicas de como diminuir a celulite:

Alimentação

Sim, mudar os seus hábitos alimentares pode contribuir consideravelmente para a melhora das celulites. Diminuir o consumo de sal ajuda na melhora da retenção de líquidos. Se você costuma comer grandes quantidades de carboidratos e frituras, saiba que eles são responsáveis pelo aumento de gordura no seu corpo.

Alguns alimentos ajudam a reduzir a gordura e aumentar a massa magra e as fibras são um bom aliado para melhora da circulação sanguínea e linfática. Tome bastante água, de preferência 2 litros por dia, para auxiliar na eliminação de toxinas.

Veja alguns alimentos que podem te ajudar:

  • Pão integral;
  • Arroz integral;
  • Aveia;
  • Quinoa;
  • Grão de bico,
  • Ovo;
  • Lentilha;
  • Hortaliças;
  • Peixes;
  • Frango;
  • Feijão.

alimentação saudável

Exercícios

Assim como a alimentação, os exercícios físicos também compõem os hábitos. Ao praticar atividades o seu corpo passa a largar o sedentário. Outra vantagem está relacionada a melhora da circulação e também da perda de gordura localizada, um dos causadores do aparecimento da celulite.

Alguns dos exercícios mais indicados são o pilates, a musculação, caminhada, corrida e até andar de bicicleta.

mulher fazendo exercício

Colágeno

O colágeno é responsável pela firmeza e rejuvenescimento da pele. Mesmo que o corpo produza, após os 30 anos essa produção cai e é necessário começar a repor. Justamente por estar associado a melhora da pele, o colágeno verisol é uma boa alternativa para quem busca melhorar o aspecto das celulites.

O colágeno verisol é bom para aumentar a hidratação da pele, além de nutrir e restaurar, por isso ajuda a reduzir e amenizar as celulites.

Tratamentos estéticos

Os tratamentos estéticos oferecem vários benefícios e opções para quem busca a melhora na aparência das celulites, mas fique sabendo que não adianta nada investir dinheiro em tratamentos e não mudar os hábitos alimentares, já que um ajuda o outro.

Veja alguns dos tratamentos estéticos mais procurados:

  • Drenagem linfática;
  • Radiofrequência;
  • Lipocavitação;
  • Carboxiterapia;
  • Criolipólise.

procedimentos estéticos

Viu só como não é tão difícil tratar e reduzir o aspecto de casca de laranja da celulite? Com a mudança de alguns hábitos, tratamentos estéticos e o uso de colágeno, a sua pele pode perder a flacidez e voltar a ter firmeza. Basta inserir uma rotina de disciplina e autocuidado!

Aproveite também para ler o nosso post sobre queda de cabelo e descubra quais são as principais causas e como tratar.

Especializada em colágeno e crescimento de cabelo, a Biocorps te traz dicas e informações para momentos incríveis de bem-estar e autocuidado!
Equipe Biocorps
Anterior

Colágeno hidrolisado emagrece? Conheça os seus efeitos no organismo

Alimentos que causam celulite: conheça e evite!

Próximo

Deixe um comentário