Colágeno verisol ou hidrolisado? Entenda as diferenças!

| |

O colágeno é uma das substâncias mais procuradas pelas pessoas que buscam ter uma pele mais firme e, além disso, alcançar outros benefícios relacionados à saúde e estética. No entanto, eles contam com diferenças relevantes que devem ser levadas em consideração antes de iniciar o tratamento.

Por isso, nós da Biocorps preparamos este conteúdo especial para contar quais são os aspectos divergentes entre o verisol e o hidrolisado. Além disso, no final deste post você poderá conferir seus principais benefícios, que podem ser vistos logo nas primeiras semanas da suplementação.

Colágeno verisol ou hidrolisado? Veja as diferenças

O colágeno do tipo Verisol é muito comparado com o hidrolisado, no entanto, contém peptídeos bioativos de colágeno, e, além disso, não é considerado uma proteína, pois possui um tamanho muito inferior para ser considerado como tal. Esse também é um aspecto essencial para garantir a sua eficácia.

Dessa forma, se diferencia do colágeno hidrolisado, pois possui um tamanho maior, o que o torna mais lento em nosso organismo. Por fim, como o Verisol é uma molécula menor, ao ingeri-lo, é possível ter como resultado uma concentração maior nas regiões do corpo com mais necessidade. E tem mais:

Atualmente, somente o colágeno do tipo Verisol tem seus efeitos comprovados. Vários estudos científicos estudaram a performance desta substância no organismo e descobriram aspectos importantes que beneficiam o corpo. Continue a leitura para descobrir quais são.

Principais pontos positivos do Verisol

O tamanho reduzido do colágeno Verisol, como você viu anteriormente, é essencial para que ele possa ser aproveitado pelo organismo. Agora, veja os principais benefícios da suplementação dessa substância.

Uma das vantagens mais populares é mais rigidez e elasticidade da cútis e pode ser garantida logo nas primeiras semanas do tratamento. Porém, existem outros aspectos que talvez você ainda não conheça. Continue a leitura para saber mais.

Aumente a elasticidade da sua pele

Em média, muitas mulheres iniciam o tratamento com o colágeno Verisol aos 30 anos para garantir o aspecto saudável e jovem da pele. Isso porque, sendo um dos seus principais benefícios, a elasticidade e rigidez da cútis pode ser notada com mais rapidez.

Ao tomar o colágeno em um período de oito semanas, o corpo humano já é capaz de produzir mais elastina, que é diretamente relacionada à sustentação da pele. Assim, é possível ter como resultado uma pele com aspecto mais jovem.

No entanto, a sua eficácia varia dependendo da idade e organismo, dessa forma, antes de iniciar o tratamento, consulte um médico especialista para que ele possa indicar quantas gramas você deve consumir por dia.

elasticidade

Redução de rugas

As rugas e outras marcas no rosto geralmente começam a aparecer, em média, aos 25 anos, isso acontece porque o organismo começa a ter uma produção inferior de colágeno, se comparado com pessoas mais jovens.

Dessa forma, para ajudar o corpo a produzir mais colágeno, o Verisol garante quase 70% de melhora. Uma pesquisa realizada com centenas de mulheres que utilizaram a suplementação indicou a diminuição dos sinais e linhas de expressão em todas as participantes.

Unhas e cabelos mais fortes

Uma das principais queixas das mulheres que buscam pelo tratamento com o colágeno Verisol são as unhas e cabelos fracos. A boa notícia é que o colágeno está ligado diretamente na sua maior rigidez e hidratação.

Por isso, se você optar pela inclusão dessa substância na sua dieta, saiba que ela também pode auxiliar na melhora do aspecto das unhas, além disso, as unhas crescem com mais velocidade e tem sua fragilidade reduzida.

Já na região dos cabelos, é possível devolver o seu aspecto brilhoso e forte apenas com a suplementação do Verisol, tendo em vista que ele ajuda a reter mais água em sua estrutura, diminuindo também sua fragilidade.

cabelo

Diminuição das celulites

As celulites são causadas pelo acúmulo de toxina no corpo e, por isso, trazem o aspecto ondulado na região onde essas toxinas estão mais presentes. A boa notícia é que o colágeno Verisol conta com benefícios comprovados para quem possui essa característica.

Dessa forma, ao fazer a suplementação oral dessa substância, a qualidade da pele nessa região também melhora. No entanto, é importante aliar na sua rotina a ingestão de alimentos que possuem mais concentração de água, como melancia, tomate e abacaxi.

Por fim, é sempre importante salientar que todo tratamento deve ser acompanhado por um médico especializado para te ajudar a alcançar resultados ainda melhores e evitar possíveis efeitos colaterais.

celulite

Agora que você descobriu as principais vantagens em utilizar o colágeno Verisol e sua principal diferença em relação ao Hidrolisado, é hora de começar a suplementar. Certo? Para fazer isso com as melhores opções do mercado, conte com a Biocorps!

Caso você ainda tenha mais alguma dúvida, deixe um comentário aqui embaixo. Além disso, compartilhe este post com seus familiares ou amigas que precisam conhecer essas informações. Até breve!

Especializada em colágeno e crescimento de cabelo, a Biocorps te traz dicas e informações para momentos incríveis de bem-estar e autocuidado!
Equipe Biocorps
Anterior

Colágeno Verisol: o que é? Saiba tudo sobre a suplementação!

Queda de cabelo: causas, tratamentos e dicas para evitar!

Próximo

Deixe um comentário